TuCristo - Blog de Noticias y Videos Católicos

Como explicar a castidade? – Don Bosco Center

Nota: O seguinte vídeo católico que você vai assistir: Como explicar a castidade?, permitirá que você cresça em sua fé católica e ame mais a Deus.

Castidade é difícil de acreditar num mundo onde o ser humano não é valorizado. #shorts


Sendo católicos é óbvio que sabemos o que significa a palavra fé, não é?

O que é fé?Com certeza você já se perguntou em algum momento da vida, e com certeza alguém também deve ter perguntado a você. Sendo católicos, é óbvio que sabemos e temos clareza sobre o que é a fé. Não é mesmo? Tem certeza?

Há alguns dias, ouvi um padre amigo fazer a mesma pergunta. Com uma inocência, mas ao mesmo tempo com uma intenção nas entrelinhas, a de educar um coração ardendo de amor, Padre Esteban olhou-nos com olhos maliciosos e perguntou de novo e de novo: o que é a fé?

1. A Fé é um dom

“A fé é um dom”, alguém respondeu. “A fé é a certeza da existência de Deus”, respondeu outro. “Fé é como eu vivo minha vida.” “Fé é acreditar em um ser superior” (sempre me surpreendo ao ouvir um cristão dar essa definição). “Fé é ter certeza de que tudo o que acontece comigo é por uma razão.” “Fé é acreditar no que não se vê, o resultado dessa fé é vir ver o que se acredita” (certamente leu Santo Agostinho).

De qualquer forma, os minutos se passaram, o padre sorriu e continuou a nos olhar maliciosamente. Alguns estavam nervosos, outros até com raiva. Como é difícil aceitar que não sabemos tudo, ou que o que sabemos está errado ou que sabemos apenas pela metade. Se nossos corações pudessem estar sempre abertos para receber as verdades de Deus…

Padre Esteban nos questionou por um momento. Como bom pastor que guia pacientemente o seu rebanho, fez-nos regressar àquela fonte onde os cristãos devem sempre voltar para aprender, treinar e esclarecer dúvidas sobre as verdades de fé que a Igreja professa: o Catecismo da Igreja Católica. Incrível que tenhamos um documento tão extenso e detalhado como o Catecismo e não é o primeiro lugar que consultamos em caso de dúvida.

2. O desejo de Deus

Voltando à fé. O que o catecismo nos diz? Ele começa primeiro explicando-nos, entre outras coisas, que o homem é capaz de Deus. Que o religioso é algo natural no homem, produto de um desejo impresso no coração do homem por seu próprio criador.

«O desejo de Deus está inscrito no coração do homem, porque o homem foi criado por Deus e para Deus; e Deus nunca deixa de atrair o homem a si, e só em Deus o homem encontrará a verdade e a felicidade que nunca deixa de buscar: (CIC 27)»

Nesse sentido, a fé, que sempre associamos a um dom , na verdade é. É um dom de Deus impresso no coração do homem que sempre chama incansavelmente. Mas não termina aqui. A fé também é ação humana. Esse desejo de Deus precisa de uma resposta livre por parte do homem:

“Pela fé, o homem submete completamente sua inteligência e sua vontade a Deus. Com todo o seu ser, o homem dá o seu assentimento a Deus que revela (cf. DV 5). A Sagrada Escritura chama esta resposta do homem a Deus que revela “obediência da fé” (cf. Rm 1,5; 16,26), (CIC 143)».

3. A Fé é a resposta

A fé é, portanto, uma resposta livre do homem a Deus. Não se trata apenas de acreditar em Deus, mas de responder a ele. Quando pedimos a Deus que aumente nossa fé (um pedido que precisamos fazer constantemente), estamos pedindo que ele aumente essa capacidade de resposta. Isso nos permite responder com maior generosidade e liberdade a esse chamado que Deus nos faz.

A fé não é sobre uma crença estática. É uma resposta ativa. Não se trata de dizer “eu acredito em Deus” e ficar sentado esperando a vida passar. Se as coisas que acontecem acontecem, “certamente acontecerão por alguma coisa”. Não! Eu tenho ação na fé. Eu preciso responder ativamente a Deus. Deus me chama de uma maneira particular, ele não me diz simplesmente para acreditar nele, ele me diz: “Venha e siga-me”. E Nossa Mãe nos lembra: «Ide e fazei o que Ele vos pede».

Nao se deixe enganar pelo inimigo Fonte Original Santa Carona